Campos defende regras claras para reajuste de preços de combustíveis da Petrobras

quarta-feira, 30 de julho de 2014 13:28 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, defendeu nesta quarta-feira que a política de reajuste de preços de combustíveis precisa ter “regras claras”.

Campos, que está em terceiro lugar nas pesquisas eleitorais, defendeu após encontro com empresários que essas regras levem em conta não apenas um planejamento geral da política energética nacional, mas também o planejamento específico da Petrobras, além de considerar também a competitividade do etanol.

“O que a Petrobras precisa é ser respeitada no seu planejamento”, disse Campos a jornalistas, após apresentação na Confederação Nacional da Indústria (CNI).

“Vamos ter uma regra clara, uma regra para o reajuste dos combustíveis”, afirmou o candidato, ex-governador de Pernambuco.

O último reajuste dos preços de gasolina e diesel nas refinarias aplicado pela Petrobras ocorreu no final do ano passado. A estatal tem sido criticada por não informar detalhes e prazos sobre a questão de preços.

Também participam do evento da CNI nesta quarta o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, e a presidente Dilma Rousseff (PT), que tentará a reeleição em outubro.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Jeferson Ribeiro)

 
Candidato a presidente Eduardo Campos (PSB) durante sabatina na sede da CNI em Brasília. 30/06/2014. REUTERS/Ueslei Marcelino