Ações europeias recuam, pressionadas por resultados e preocupação com Ucrânia

quarta-feira, 30 de julho de 2014 14:12 BRT
 

Por Francesco Canepa

LONDRES (Reuters) - As ações europeias fecharam em baixa nesta quarta-feira, com resultados corporativos fracos e preocupações com a escalada do conflito entre Rússia e Ucrânia compensando o forte crescimento nos Estados Unidos.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, caiu 0,50 por cento, a 1.366 pontos.

Os papéis da Holcim e da HeidelbergCement caíram 4,8 por cento e 2,8 por cento, respectivamente, ajudando o índice de construção e materiais STOXX Europe 600 a recuar 1,5 por cento.

As empresas do STOXX Europe 600 que divulgaram resultados trimestrais até agora exibiram queda nas vendas de, em média, 1 por cento, de acordo com dados da StarMine.

Após uma sessão agitada, o FTSEurofirst 300 ampliou as perdas à tarde depois que a Otan afirmou que o número de tropas e armamentos russos ao longo da fronteira com a Ucrânia está aumentando para "bem acima de 12 mil".

Os combates entre rebeldes apoiados por Moscou e tropas do governo se intensificaram desde que um avião malaio foi derrubado neste mês.

"(A ameaça de) guerra é o principal peso sobre os mercados esta tarde", disse o corretor Mike Reuter, da Tradition.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,5 por cento, a 6.773 pontos.   Continuação...