Safra de café do Brasil cairá para 45,78 mi sacas, prevê Terra Forte

quarta-feira, 30 de julho de 2014 16:46 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de café do Brasil em 2014/15 cairá 14 por cento ante a temporada passada, para 45,784 milhões de sacas de 60 kg, devido aos efeitos da seca do início do ano no país, disse nesta quarta-feira a exportadora Terra Forte em relatório que revisou estimativas.

Em fevereiro a companhia havia previsto 47,4 milhões de sacas para a temporada 2014/15, enquanto a safra anterior (2013/14) foi estimada em 53,3 milhões de sacas.

A empresa afirmou que, conforme a colheita avançou no país, foram confirmadas produtividades muito baixas.

"Nós pacientemente esperamos desde nosso último relatório, com o objetivo de dar informações mais confiáveis das nossas fazendas, e agora nós podemos finalizar os nossos números", disse a exportadora.

A primeira estimativa da Terra Forte, antes da seca, havia apontado uma produção de 53,7 milhões de sacas.

Antes da seca, a empresa havia estimado a safra de café arábica em 36,3 milhões de sacas, contra 28,34 milhões da previsão atual.

A previsão da safra de café robusta, que não foi atingida pela seca, não sofreu alteração, sendo estimada em 17,4 milhões de sacas.

A Terra Forte ainda estimou os estoques finais da temporada passada, em 1 de julho de 2014, em 8,16 milhões de sacas, contra 9,84 milhões um ano antes.

A companhia não forneceu uma previsão para a temporada 2015/16, mas apresentou um cenário preocupante, apontando cafezais com perda de folhas.

(Por Roberto Samora e Caroline Stauffer)