Sony alerta que baixa demanda para smartphones pode frear lucro

quinta-feira, 31 de julho de 2014 15:35 BRT
 

Por Sophie Knight

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Sony Corp alertou que não espera agora fazer dinheiro com smartphones este ano, citando uma demanda fraca, enquanto a fabricante de eletrônicos disse que a reestruturação ainda irá ajudar a ter um lucro nos negócios de TVs depois de 10 anos de perdas.

Com o seu lucro operacional dobrando entre abril e junho, impulsionado pelos negócios de videogames e a venda de um ativo, a Sony cortou nesta quinta-feira a meta de vendas de smartphones para este ano fiscal em 14 por cento. A Sony agora espera um equilíbrio entre despesas e receitas no negócio este ano, ante previsão operacional anterior de 26 bilhões de ienes (253 milhões de dólares), e está revisando sua estratégia de médio prazo.

A Sony espera vender 43 milhões de smartphones este ano, abaixo da meta anterior de 50 milhões anterior, que o diretor de planejamento Hiroki Totoki classificou nesta quinta-feira como "um pouco agressiva".

A empresa está cortando 5 mil empregos e dividindo sua unidade de TV em uma companhia separada.

Para o ano fiscal, a Sony cortou nesta quinta-feira 3 por cento de sua meta de vendas de TVs, para 15,5 milhões, ante previsão anterior de 16 milhões. Isso ocorreu apesar do aumento trimestral das vendas de 10,5 por cento, já que a Sony vendeu uma alta proporção de modelos premium, incluindo as de alta resolução 4K.

(Por Sophie Knight)