PDG Realty amplia prejuízo para R$135,3 mi no 2o trimestre

quinta-feira, 31 de julho de 2014 20:49 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A PDG Realty ampliou o prejuízo no segundo trimestre, na comparação anual, em um período marcado por vendas e lançamentos menores, enquanto espera estar próxima ao início de seu período de desalavancagem.

A companhia teve um prejuízo de 135,3 milhões de reais entre abril e junho ante um resultado negativo de 104,9 milhões de reais um ano antes.

A maior parte das estimativas de analistas obtidas pela Reuters apontava para prejuízo entre 10 milhões e 42 milhões de reais.

Segundo a empresa, apesar da piora nas expectativas macroeconômicas, pilares como a diminuição do risco de execução, redução de despesas corporativas e início da geração de caixa "permancem robustos".

"Acreditamos estar cada vez mais próximos do ponto de inflexão do caixa e, consequentemente, do início do ciclo dedesalavancagem da empresa", disse a companhia, em seu relatório de resultados.

A PDG teve um consumo de caixa de 92 milhões de reais no segundo trimestre, ante 75 milhões de reais nos três meses anteriores.

Em 2012, a empresa iniciou uma série de ajustes contábeis e a revisão dos orçamentos de obras e dos empreendimentos lançados, com o objetivo de normalizar suas operações a partir de 2015.

Isso ocorreu após a companhia registrar prejuízos consecutivos desde que um agressivo, porém malsucedido, plano de expansão gerou aumento de custos e atrasos em projetos.

Os lançamentos no segundo trimestre, considerando apenas a fatia da companhia, foram de 483 milhões de reais, queda de 1,3 por cento ano a ano, ante estimativa média de analistas 506,8 milhões de reais.   Continuação...