Société Générale eleva provisões para litigios com avanço do lucro no 2º tri

sexta-feira, 1 de agosto de 2014 09:40 BRT
 

PARIS (Reuters) - O Société Générale (SOGN.PA: Cotações) divulgou nesta sexta-feira lucro líquido de 1,03 bilhão de euros (1,38 bilhão de dólares) no segundo trimestre, alta de 7,8 por cento ante o ano passado, auxiliado por despesas menores e um custo reduzido de risco.

O segundo maior banco listado da França, cujo futuro na Rússia, importante mercado em termos de crescimento, é ofuscado pela perspectiva de sanções ocidentais mais profundas contra o país em resposta à crise ucraniana, disse que sua receita caiu para 5,893 bilhões de euros ante 6,120 bilhões de euros um ano antes.

As despesas operacionais, porém, caíram 1,3 por cento, e suas provisões para perdas com inadimplência também recuaram. O resultado incluiu ainda um ganho de 210 milhões de euros ligado à compra dos 50 por cento da corretora Newedge que o banco ainda não possuía.

O Société Générale acrescentou que elevou sua provisão por litígios em 200 milhões de euros, para 900 milhões de euros.

(Por Andrew Callus)