L'Oreal vê segundo semestre melhor graças a recuperação nos EUA

sexta-feira, 1 de agosto de 2014 12:33 BRT
 

(Reuters) - A fabricante francesa de cosméticos L'Oreal (OREP.PA: Cotações) disse nesta sexta-feira que espera tendências de negócios melhores no segundo semestre, principalmente graças a uma recuperação nos Estados Unidos.

O grupo, que na véspera divulgou resultados para o primeiro semestre de modo geral em linha com as expectativas, disse também que viu o crescimento mais forte na Europa Ocidental desde 2007 no primeiro semestre, com as vendas crescendo 2,8 por cento numa base comparável.

"Estamos confiantes de que as tendências de negócios vão melhorar no segundo semestre e que veremos aceleração no negócio de mercado de massa", disse o presidente-executivo da L'Oreal, Jean-Paul Agon, a analistas e jornalistas em teleconferência.

O grupo também apontou para uma desaceleração nos mercados emergentes -- antes seu maior motor de crescimento -- com tendências mais fracas na Rússia, na Índia e na China.

Agon disse que por enquanto o grupo não foi afetado diretamente pelas sancões impostas contra a Rússia devido à crise na Ucrânia, ressaltando porém que é muito cedo para um veredito sobre o impacto no longo prazo.

A divisão de luxo da companhia foi a que teve o maior ritmo de crescimento no segundo trimestre, com as vendas subindo 7,5 por cento numa base comparável.

(Por Astrid Wendlandt)