Ações europeias caem pela 3ª sessão por preocupações com banco português e tensões com Rússia

sexta-feira, 1 de agosto de 2014 14:19 BRT
 

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - O principal índice de ações europeias caiu pela terceira sessão seguida nesta sexta-feira, com forte volume de negócios, e atingiu a mínima em três meses e meio, golpeado por preocupações com perdas do Banco Espírito Santo e tensões entre a Rússia e o Ocidente.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, recuou 1,23 por cento, a 1.332 pontos, menor nível desde meados de abril.

As ações do Banco Espírito Santo despencaram 40 por cento, ampliando o tombo de 42 por cento apurado na quinta-feira, quando o banco anunciou prejuízo de 3,6 bilhões de euros e provisões maiores do que o esperado para cobrir a exposição a companhias controladas pela família fundadora.

"A situação na Argentina, os problemas com o Banco Espírito Santo e tensões geopolíticas, particularmente na Rússia, estão alimentando essa onda de realização de lucros", disse o gestor de fundos da França do Barclays Philippe Cohen.

Investidores têm se preocupado com o impacto das sanções contra a Rússia. Cerca de 40 blue chips europeias, incluindo muitas companhias alemãs, geram mais de 5 por cento de suas receitas no mercado russo.

A bolsa espanhola teve mau desempenho novamente nesta sexta-feira, com operadores citando preocupações com a exposição de companhias espanholas à América Latina após o default da Argentina.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,76 por cento, a 6.679 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,10 por cento, a 9.210 pontos.   Continuação...