Argentina investigará se ação judicial sobre dívida foi manobra especulativa

sexta-feira, 1 de agosto de 2014 21:01 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O Ministério da Economia da Argentina disse nesta sexta-feira que pediu ao regular do mercado de valores mobiliários nacional para investigar se a ação judicial de credores contra o país, nos Estados Unidos, não foi apenas a "fachada de uma manobra especulativa em favor de fundos abutres".

O ministério afirmou que o órgão regulador deve investigar se os credores ajuizaram a ação simplesmente para lucrar com os títulos inadimplentes que compraram por um preço baixo, bem como com os credit default swaps (CDS), derivativos utilizados para garantir contra calotes.

Em relação à decisão desta sexta-feira da Associação Internacional de Swaps e Derivativos (Isda, na sigla em inglês), que declarou que a Argentina não honrou o pagamento de junho dos juros da dívida, provocando o pagamento dos CDS, o ministério disse que a decisão "favoreceu alguns privados à custa dos outros."

O regular argentino irá pedir à comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos (SEC) "informações precisas sobre as operações com esses (CDS) para investigar se os fundos abutres tiveram um enorme benefício ao não chegar a um acordo, seja diretamente ou através de terceiros".

(Por Sarah Marsh e Eliana Razsweski)