CSN espera recuperação de indústria no 2o semestre e preço de aço estável

segunda-feira, 4 de agosto de 2014 12:29 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Ago (Reuters) - A CSN espera um segundo semestre melhor para a indústria no Brasil, com parte da retomada vinda de recomposição de estoques, o que deve ajudar no consumo de aço pelo país, afirmou o diretor comercial do grupo, Luis Fernando Martinez, nesta segunda-feira.

Segundo ele, a CSN construiu estoque de produto acabado para fazer frente à esperada retomada do consumo de aço pelo país. A companhia mantém perspectiva de ter vendas em 2014 de 6 milhões de toneladas de aço, após um primeiro semestre em que comercializou 2,65 milhões de toneladas.

O executivo, falando a analistas de mercado após a divulgação de resultado da CSN no segundo trimestre, afirmou que o prêmio atual de preços de aço no mercado interno em relação ao externo está em 11 a 16 por cento, "no limite" do que poderia ser aplicado. Ele acrescentou que vê um cenário de preços de aço estável no terceiro trimestre no Brasil.

(Por Alberto Alerigi Jr.)