Vendas no varejo na zona do euro têm em junho maior alta anual em 7 anos

terça-feira, 5 de agosto de 2014 09:05 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - As vendas no varejo da zona do euro avançaram na taxa mais rápida em sete anos em junho, e duas vezes mais rápido que o esperado, graças a vendas fortes tanto de alimentos e produtos não alimentícios.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o volume de vendas no varejo nos 18 países que compartilham o euro saltou 2,4 por cento após alta revisada para baixo de 0,6 por cento em maio, crescimento mais forte desde março de 2007, segundo dados da agência de estatísticas da UE, Eurostat, nesta terça-feira.

Medida de demanda das famílias, as vendas varejistas subiram 0,4 por cento na comparação mensal em junho, em linha com as expectativas, após aumento revisado para cima de 0,3 por cento em maio.

A alta anual foi impulsionada pelo aumento de 3,0 por cento nas vendas de produtos não alimentícios como eletrônicos, computadores, livros ou têxteis, seguido de alta de 2,0 por cento no volume de vendas de alimentos, bebidas e tabaco.

A frágil recuperação da economia de 9,6 trilhões de euros tem até agora sido conduzida principalmente por exportações mas os europeus, ainda procupados com as perspectivas futuras de emprego e econômicas, parecem ter começado a gastar mais.

(Reportagem de Martin Santa)