Argentina lança investigação sobre investimentos holdout

terça-feira, 5 de agosto de 2014 10:17 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A agência reguladora de mercados da Argentina lançou na segunda-feira uma investigação sobre o que acredita que pode ter sido uma especulação ilegal de credores "holdout" cuja ação contra o país para o pagamento da dívida não reestruturada levou a um novo default na semana passada.

O governo também reiterou sua forte crítica ao mediador nas negociações da dívida com os hedge funds classificando-o de "tendencioso" e um "porta-voz dos fundos abutres".

O presidente da Comissão Nacional de Valores da Argentina, Alejandro Vanoli, afirmou que pediu a sua contraparte dos Estados Unidos informações sobre negociações de dívida soberana e credit default swaps (CDS) da Argentina, derivativos usados como garantia contra default.

O regulador quer checar se os "holdouts" que rejeitaram a reestruturação da Argentina após seu default de 2002 tinham ou negociaram CDS enquanto participavam de negociações com a Argentina que poderiam provocar um default.

(Por Sarah Marsh e Eliana Raszewski)