ADM espera vender negócio de chocolate ainda no 3º trimestre

terça-feira, 5 de agosto de 2014 11:54 BRT
 

NOVA YORK/CHICAGO (Reuters) - A gigante do agronegócio Archer Daniels Midland (ADM) espera vender seu negócio global de chocolate até o fim do terceiro trimestre, depois de optar por manter seu negócio de esmagamento de cacau.

"Nós esperamos assinar o acordo até o fim do terceiro trimestre para vender nosso negócio global de chocolate", disse o presidente da ADM, Juan Luciano, em uma teleconferência com analistas para discutir os resultados da empresa no segundo trimestre.

A companhia teve lucro acima do esperado pelo mercado, de 533 milhões de dólares, ou 0,81 dólar por ação, ante 223 milhões de dólares (0,34 dólar por ação) um ano antes, atribuindo o resultado a fortes exportações dos EUA e demanda por etanol.

A ADM é uma das três maiores comerciantes de cacau do mundo. Em abril, a companhia disse que irá manter o esmagamento de cacau, que responde por cerca de dois terços de seu negócio de cacau, mas que irá vender seu negócio de chocolate, depois de falharem as longas negociações para vender as duas operações para um mesmo comprador.

A ADM tem cerca de seis unidades de chocolate, segundo informado anteriormente.

O processamento de cacau e outras commodities pela ADM registrou o segundo lucro trimestral consecutivo, de 20 milhões de dólares, ante um prejuízo de 17 milhões de dólares um ano atrás.

"Em cacau, o ambiente de margem permanece bom", disse Luciano.

(Por Marcy Nicholson em New York e Tom Polansek em Chicago)