Balanços e notícias corporativas ajudam ações europeias a se recuperarem

terça-feira, 5 de agosto de 2014 14:18 BRT
 

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta terça-feira, num movimento de recuperação após as fortes baixas da semana passada, amparadas em resultados melhores do que o esperado de blue-chips como o Deutsche Post.

A atividade de fusões e aquisições também ajudou, com a ação da Vivendi saltando 3,6 por cento após a Telefónica fazer oferta de 6,7 bilhões de euros (8,99 bilhões de dólares) pela GVT, unidade brasileira da companhia francesa. A ação da Telefónica caiu 1,7 por cento.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, avançou 0,34 por cento, a 1.334 pontos.

A ação da Deutsche Post ganhou 2,2 por cento após a companhia divulgar lucro melhor que o esperado.

Mas apesar dos ganhos no centro da Europa, as bolsas do sul europeu recuaram fortemente, retomando as perdas da semana passada. Investidores, preocupados com a crise no português Banco Espírito Santo, reduziram ainda mais sua exposição à região.

As ações do Banco Popolare e Intesa SanPaolo perderam 3,8 e 2,4 por cento, respectivamente, enquanto o papel do espanhol Bankinter tombou 4,3 por cento. Os índices FTSEMib, da Itália; e Ibex, da Espanha, também fecharam em baixa.

"A volatilidade está em alta, o que é bastante típico durante os meses de verão. Com essa correção derrubando o IBEX desde o início de julho, estou começando a ver boas oportunidades de compra", afirmou a estrategista sênior de investimentos do GVC Gaesco Valores, Margarita Rivas.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,07 por cento, a 6.682 pontos.   Continuação...