Competidores fazem fila por ativos espanhóis da E.ON, dizem fontes

terça-feira, 5 de agosto de 2014 14:56 BRT
 

FRANKFURT/MADRI (Reuters) - Licitantes estão preparando ofertas para os ativos espanhóis pertencentes ao grupo alemão E.ON, disseram três fontes familiarizadas com o assunto à Reuters, acrescentando que os lances valorizariam todo o negócio em cerca de 2 bilhões de euros.

Os competidores que deverão apresentar propostas não vinculativas para a totalidade ou para partes da carteira da E.ON incluem a empresa de private equity CVC; um consórcio constituído por Borealis Infrastructure do Canadá e pela portuguesa EDP; bem como um grupo composto pelo grupo de private equity Riverstone e empresa de energia suíça Alpiq, disseram as fontes.

KKR, Macquarie e o espanhol Grupo Villar Mir também deverão manifestar interesse, disseram as fontes, acrescentando que não estava imediatamente claro se eles fariam parte de um consórcio ou disputariam sozinhos.

Os primeiros lances deverão ser apresentados até 11 de agosto, disseram as fontes.

E.ON, CVC, KKR, Riverstone, Macquarie, Borealis Infrastructure, Alpiq e Grupo Villar Mir se recusaram a comentar.

A EDP​​, que é em 21 por cento detida pela chinesa Three Gorges, não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

(Reportagem de Arno Schuetze, Christoph Steitz e Andres Gonzalez)