Governo autoriza R$500 mi para leilões de apoio aos preços de milho

quarta-feira, 6 de agosto de 2014 10:56 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo federal autorizou a realização de leilões de subvenção para sustentação dos preços do milho no Brasil, segundo portaria interministerial publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

Foram destinados 500 milhões de reais para a realização de leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural ou a sua Cooperativa (Pepro) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O volume de recursos já havia sido comentado pelo ministro da Agricultura, Neri Geller, mas até o início da semana dependia do aval do Ministério do Planejamento.

A portaria no Diário Oficial não estabelece a data de realização dos pregões, mas Geller disse na segunda-feira que eles deverão ser realizados até o dia 15 deste mês.

Os 500 milhões de reais deverão ser suficientes para apoiar o escoamento entre 7 a 10 milhões de toneladas, dependendo da disputa durante a realização dos leilões, disse o ministro na ocasião.

O leilão Pepro é um instrumento adotado para dar sustentação aos preços da commodity nas regiões onde a ampla oferta derruba os preços, pagando ao produtor a diferença entre o valor obtido no mercado e os valores mínimos definidos pelo governo.

(Por Gustavo Bonato)

 
Colheita de milho no município de Santo Antonio do Jardim, em São Paulo. 6/02/2014.  REUTERS/Paulo Whitaker