Presidente da Oi diz que empresa agiu rapidamente no caso Rioforte

quarta-feira, 6 de agosto de 2014 10:34 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente da operadora de telecomunicações Oi, Zeinal Bava, disse nesta terça-feira em teleconferência com analistas que a empresa agiu rapidamente para defender o interesse dos acionistas no caso Rioforte.

"A administração da Oi agiu rapidamente para adotar medidas possíveis e necessárias para defender interesses de seus acionistas", declarou. "É o acordo que foi possível chegar no processo de negociação."

O calote de uma dívida da Rioforte, holding do Grupo Espírito Santo, que é o principal sócio da Portugal Telecom, ameaçou a união luso-brasileira em julho. Para garantir a fusão, a Portugal Telecom aceitou entregar ações da Oi à empresa brasileira em troca de títulos de dívida vencidos e não pagos pela Rioforte.

(Por Luciana Bruno)