FCStone eleva previsão de safra de milho do Brasil a 77,4 mi t

quarta-feira, 6 de agosto de 2014 12:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A consultoria INTL FCStone elevou nesta quarta-feira sua projeção para safra total de milho do Brasil em 2013/14 a 77,4 milhões de toneladas, ante 75,5 milhões de toneladas em julho, sendo que todo o crescimento foi estimado na segunda safra da temporada, cuja colheita está em andamento.

"Apesar dos problemas iniciais enfrentados pela 'safrinha', como o desânimo dos produtores diante dos preços baixos no segundo semestre de 2013 e os atrasos no plantio, o resultado tem surpreendido positivamente com o avanço da colheita, o que levou à revisão das projeções", disse a consultoria, em nota.

A produção da segunda safra foi estimada em 45,8 milhões de toneladas, ante 43,9 milhões no relatório de julho.

A produtividade média da segunda safra passou para 5,145 toneladas por hectare na estimativa de agosto, ante de 5,04 toneladas no mês passado.

A estimativa produção da primeira safra da temporada foi mantida em 31,6 milhões de toneladas.

Se confirmada a projeção, a safra total do Brasil deverá ficar apenas 5 por cento abaixo do recorde da temporada 2012/13, apesar de indicativos iniciais de que haveria uma forte redução nos investimentos para o plantio.

Os estoques ao final da safra 13/14 devem ficar "bastante elevados", disse a FCStone, alcançando 13,12 milhões de toneladas, com uma relação estoque/uso de 17,9 por cento.

Em 2012/13, segundo o governo federal, a relação estoque/uso de milho ficou em 10,8 por cento.

(Por Gustavo Bonato)