De olho na própria frota, JSL estreia em leasing de caminhões

quinta-feira, 7 de agosto de 2014 15:07 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Quase um ano depois da incursão no setor de locação de veículos, a JSL prepara sua estreia em leasing de caminhões, à medida que procura diversificar e alongar as fontes de receitas.

O alvo inicial é a própria frota da JSL, que troca cerca de 2 mil caminhões por ano. "Em vez de só vender os veículos, podemos usá-los para alongar nossas receitas", disse à Reuters nesta quarta-feira o presidente da JSL Leasing, Osmar Roncolato.

Após ter obtido aval do Banco Central para a compra do BGN Leasing, a JSL aguarda uma inspeção pré-operacional do regulador para captar recursos para iniciar o negócio nos próximos meses.

O movimento vem em meio a uma crise no setor automotivo brasileiro, com queda da produção e das vendas, movimento atribuído pelas montadoras em parte à falta de crédito das instituições financeiras.

Pela manhã, a Anfavea anunciou que a indústria automotiva teve em julho o pior resultado de produção para o mês em oito ano. O volume produzido de caminhões recuou 30,5 por cento ante mesmo mês de 2013.

Atendendo a pedidos do setor, o governo mudou no ano passado algumas regras do leasing de veículos, permitindo que encargos como multas e tributos fiquem a cargo do consumidor e não mais com a instituição financeira.

A medida abriria espaço para que parte da demanda por veículos pesados não atendida devido ao escasseamento do crédito tivesse vazão pelo leasing, que opera como uma espécie de mensalidade para que o proprietário tenha sempre à mão um veículo mais novo.

"Nós conhecemos o setor, temos boa condição de trabalhar com empresas médias, pequenas e autônomos", disse Roncolato, afirmando que a idade média da frota nacional de caminhões é de mais de 16 anos. A idade média dos caminhões da JSL é de 2,3 anos, afimrou o executivo.

Inicialmente, o produto será oferecido nas 19 concessionárias que comercializam caminhões usados da JSL.   Continuação...