Aécio se compromete com aumento real do salário mínimo e correção do IR

quinta-feira, 7 de agosto de 2014 15:22 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, se comprometeu nesta quinta-feira em garantir o reajuste real do salário mínimo e a atualização da tabela do Imposto de Renda.

Durante visita a porta de fábrica na capital paulista na qual falou a trabalhadores, o tucano prometeu ainda tolerância zero com a inflação e disse ter a credibilidade necessária para impulsionar o crescimento da economia.

"Estamos aqui hoje assumindo compromissos com os trabalhadores brasileiros. Compromisso com o reajuste real do salário mínimo, com o reajuste da tabela do Imposto de Renda. Mas, acima de tudo, compromisso em estabelecer no Brasil um clima que permita a retomada dos investimentos. Sem investimentos, não há crescimento e não há emprego", disse.

Aécio é autor de uma proposta no Senado que adota a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medidor oficial do governo, como base para o reajuste da tabela do Imposto de Renda.

A visita de Aécio à porta de uma fábrica de máquinas acontece no mesmo dia em que a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, terá um encontro com centrais sindicais no início da noite em São Paulo.

O candidato tucano estava acompanhado do presidente do Solidariedade, deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (SP), ligado à Força Sindical, central que, segundo a campanha de Dilma, estará no evento da petista, apesar de Paulinho ser um dos mais ferozes críticos da presidente.

(Por Eduardo Simões)