Resultados de Tenda pressionam e Gafisa fecha 2o tri com prejuízo de R$851 mil

sexta-feira, 8 de agosto de 2014 22:18 BRT
 

Por Juliana Schincariol

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A incorporadora Gafisa divulgou nesta sexta-feira prejuízo líquido de 851 mil reais para o segundo trimestre, em um resultado que veio abaixo do esperado por analistas e afetado pelo segmento de imóveis populares Tenda.

O resultado, porém, veio melhor que o prejuízo de 14,1 milhões de reais sofrido um ano antes e abaixo da perda de 39,8 milhões registrada nos três primeiros meses deste ano.

A média de estimativas de analistas recolhida por pesquisa da Reuters indicava lucro líquido de 20,8 milhões de reais para a Gafisa no segundo trimestre.

O balanço da companhia saiu depois que a concorrente PDG Realty divulgou na semana passada prejuízo de 135,9 milhões de reais, também para o segundo trimestre.

A linha final do resultado da Gafisa foi pressionada pela Tenda, segmento voltado para empreendimentos de baixo padrão da companhia, que teve prejuízo de 17,9 milhões de reais no período, ante resultado negativo de 26 milhões um ano antes.

"O processo contínuo de adequação de sua estrutura de custos e despesas, a aderência e bom desempenho do novo modelo de negócios, e a menor representatividade dos fracos resultados derivados dos projetos do legado, permitirão a evolução da rentabilidade da Tenda", disse a empresa em seu relatório de resultados.

As vendas líquidas da Tenda no período, de 181,7 milhões de reais, tiveram o melhor resultado desde o último trimestre de 2011, disse a companhia.

Já a divisão Gafisa, voltada para imóveis de médio e alto padrão, lucrou 17,1 milhões de reais entre abril e junho, alta anual de 44 por cento.   Continuação...