Petrobras vê alta de 51% na exportação no semestre com nova produção

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 14:48 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras projeta um aumento de 51 por cento em suas exportações de petróleo no segundo semestre, à medida que eleva a sua produção, informou a companhia nesta segunda-feira durante comentários dos resultados do último trimestre, divulgados na sexta-feira.

A exportação de petróleo na segunda metade de 2014 deverá atingir 250 mil barris de petróleo por dia (bpd), ante 166 mil bpd na primeira metade do ano e 207 mil bpd na média de 2013, disse a empresa.

Esse crescimento, que deverá ajudar nos resultados da balança comercial brasileira, deverá ser possível com um aumento na produção de petróleo ainda mais significativo do que o registrado nos últimos meses.

"O crescimento da produção vai nos levar a exportar mais óleo, vai levar a disponibilizar mais gás ao mercado interno", afirmou o diretor financeiro da petroleira, Almir Barbassa, em conferência com analistas.

Durante a apresentação, a Petrobras estimou um crescimento de 20 por cento na oferta de gás natural produzido no Brasil no segundo semestre, para 48 milhões de metros cúbicos ao dia, na comparação com o primeiro semestre.

Em 2013, a oferta de gás nacional foi de 41 milhões de metros cúbicos/dia.

Barbassa disse ainda que o aumento da oferta de gás natural deverá propiciar uma redução das importações de GNL.

"Isso representa ganhos significativos para o resultado da empresa", destacou.

Na sexta-feira, a Petrobras informou aumento na produção de petróleo no Brasil de 8,6 por cento em julho, na comparação com o mesmo período do ano passado, para 2,049 milhões de barris por dia, e reafirmou a sua meta de aumento da extração nacional no ano em 7,5 por cento, com variação de 1 ponto percentual para cima ou para baixo.   Continuação...