Cutrale e Grupo Safra fazem oferta para comprar Chiquita Brands, dos EUA

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 14:06 BRT
 

(Reuters) - A empresa brasileira de sucos Cutrale, uma das maiores do mundo em seu segmento, e o Grupo Safra fizeram proposta para comprar a norte-americana Chiquita Brands em uma operação de 610,5 milhões de dólares em dinheiro, entrando na competição contra um acordo proposto pela companhia irlandesa de frutas tropicais Fyffes Plc.

A oferta ocorre quando a Chiquita, sediada em Charlotte, na Carolina do Norte, está tentando fechar um acordo de fusão com a Fyffes, de Dublin, na Irlanda, anunciado pelas duas companhias em março. O valor de mercado combinado da Chiquita e da Fyffes está atualmente perto de 1 bilhão de dólares.

A Cutrale, de Araraquara (SP), e o Grupo Safra, do banqueiro Joseph Safra, disseram que sua oferta será de 13 dólares por ação em dinheiro para os acionistas da Chiquita, um prêmio de 29 por cento sobre o valor de fechamento da companhia na sexta-feira.

As ações da Chiquita subiram mais de 30 por cento em resposta à oferta concorrente. Elas eram negociadas acima de 13 dólares às 13h50 (horário de Brasília), indicando que os investidores esperam uma batalha de ofertas pela companhia.

As ações da Fyffes, em contrapartida, caíram mais de 13 por cento nesta segunda-feira.

A Cutrale e o Safra disseram que sua proposta foi enviada para o conselho de diretores da Chiquita e que pediram à companhia para iniciar negociações que poderão levar a um acordo de aquisição definitivo.

Cutrale e Safra disseram que esperam uma resposta da Chiquita até sexta-feira.

Sob o acordo com a Fyffes, a nova empresa deveria ser listada em Nova York, mas baseada na Irlanda por questões fiscais.

Porta-vozes da Chiquita não estavam imediatamente disponíveis para comentar. A Fyffes declinou comentar.   Continuação...