Investidores veem alívio de tensão na Ucrânia e Dax sobe quase 2%

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 14:29 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias fecharam em alta nesta segunda-feira, após duas semanas de queda, depois que investidores concluíram que a Rússia não enviará tropas à Ucrânia em breve.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subiu 1,33 por cento, a 1.323 pontos, após acumular queda de cerca de 7 por cento nas últimas duas semanas.

Os conflitos entre forças ucranianas e separatistas pró-Rússia continuaram e a porta-voz da Otan disse nesta segunda-feira de que há "alta probabilidade" de a Rússia intervir militarmente, mas operadores disseram que Moscou ainda deve tentar aliviar a crise.

"A situação na Ucrânia parece estar se estabilizando. As ações europeias apanharam muito nas últimas semanas, então estamos claramente vendo um rali de alívio", disse o gestor de fundo da Clarinvest Ion-Marc Valahu.

Preocupações com o impacto das sanções do Ocidente contra a Rússia levaram o DAX a cair 11 por cento desde que atingiu a máxima histórica de 10.050 pontos no fim de junho, já que muitas companhias alemãs têm laços significativos com a Rússia.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,00 por cento, a 6.632 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,90 por cento, a 9.180 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,20 por cento, a 4.197 pontos.   Continuação...