Petrobras vê solução próxima para dívidas da Eletrobras

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 16:55 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras (PETR4.SA: Cotações) afirmou que estão sendo intensificados esforços para que a Eletrobras (ELET6.SA: Cotações) pague à petroleira valores devidos por térmicas no Estado do Amazonas, e vê uma solução para o problema ainda neste trimestre.

A petroleira tem atualmente cerca de 7,2 bilhões de reais a receber, em dívidas, pelo fornecimento de combustíveis para térmicas no Estado do Amazonas, disse nesta segunda-feira o diretor financeiro e de Relações com Investidores da empresa, Almir Barbassa.

Quase todo o montante, esclareceu Barbassa, é devido pela estatal Eletrobras.

"Na medida em que a gente vende e coloca como contas a receber e menos recursos entram... está mostrando que é necessária uma ação, e ela foi tomada”, afirmou Barbassa, durante comentários dos resultados do segundo trimestres divulgados na sexta-feira.

O executivo não deu detalhes sobre que tipo de ação está sendo tomada, ou sobre o total a ser pago.

Segundo ele, alguns pagamentos parciais já foram feitos e outros foram prometidos.

O diretor explicou que a dívida é uma conta que vai oscilando dependendo do pagamento de dívidas antigas e da entrada de novas dívidas, com a continuação do fornecimento.

"É uma divida de muitos clientes, consolidamos como um todo e ao longo da Amazônia no sistema isolado", afirmou o diretor.

O fornecimento de combustível para térmicas da Eletrobras Amazonas Energia chegou a ser interrompido no início do mês, segundo a assessoria dessa companhia, sendo restabelecido em seguida. [nL2N0QB1FO]   Continuação...