Índia começará safra 14/15 com estoques de açúcar para 4 meses de consumo

terça-feira, 12 de agosto de 2014 09:49 BRT
 

NOVA DÉLHI (Reuters) - A Índia terá de açúcar suficiente para cerca de quatro meses de consumo, quando a nova temporada (2014/15) começar em outubro, disse uma autoridade da indústria nesta terça-feira, mantendo um limite sobre os preços locais mesmo que algumas usinas deficitárias mantenham sua decisão de não processar cana.

As usinas no maior produtor de cana, o Estado de Uttar Pradesh, que responde por um terço da produção total de açúcar da Índia, decidiram não começar a operar na temporada 2014/15, citando sua incapacidade de pagar os preços definidos pelo Estado pela matéria-prima.

Mas 7,5 milhões de toneladas de estoques em 1º de outubro de 2014 devem garantir que o maior consumidor mundial do adoçante não enfrente escassez grave, eliminando qualquer necessidade de importação imediata. Se as usinas reverterem sua decisão e continuarem a moagem, as exportações de açúcar da Índia poderiam até receber um impulso.

A produção de açúcar na Índia, segundo produtor mundial depois do Brasil, pode aumentar 4 por cento, para 25,3 milhões de toneladas, em 2014/15, registrando o quinto ano com superávit consecutivo, devido aos rendimentos mais elevados de cana nos Estados de Maharashtra e Karnataka, disse Abinash Verma, diretor-geral da Indian Sugar Mills Association.

Havia receios de que um início lento das chuvas de monções iria cortar produção de cana, mas um retorno das precipitações resultou em maior área cultivada.

A Índia consome cerca de 22-23 milhões de toneladas de açúcar por ano.

Os estoques foram de 9,3 milhões de toneladas no início da temporada.

Em 2013, as usinas enfrentaram dificuldades por causa da forte produção nos últimos quatro anos, que pressionou os preços do açúcar.

(Por Mayank Bhardwaj)