12 de Agosto de 2014 / às 23:44 / em 3 anos

Lucro da Even recua no 2o tri e fica abaixo de estimativas

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O lucro líquido ajustado da construtora e incorporadora Even caiu 37,5 por cento no segundo trimestre na comparação anual, com vendas menores no período, e ficou abaixo das estimativas de analistas.

A empresa informou nesta terça-feira que seu lucro líquido ajustado no segundo trimestre foi de 48,7 milhões de reais, ante 77,9 milhões de reais um ano antes. A média das estimativas de analistas obtidas pela Reuters apontava para lucro ajustado de 55,7 milhões de reais.

“Com relação às vendas, vale ressaltar que junho foi atípico. A Copa do Mundo teve um impacto adverso no volume de visitas nos stands de vendas e, consequentemente, a velocidade de vendas foi reduzida”, disse a companhia em seu relatório de resultados.

Entre abril e junho, a receita líquida da Even foi de 573,7 milhões de reais, queda frente os 706,2 milhões de reais um ano antes.

A Even já havia informado que as vendas entre abril e junho caíram 38,4 por cento ano a ano, sendo a maioria estoques. Os lançamentos no período, no entanto, subiram 14,2 por cento.

Para o segundo semestre, o volume de lançamentos dependerá, principalmente, da performance do mercado imobiliário nas praças em que atua, disse a empresa. “Até o presente momento não tivemos nenhum lançamento no terceiro trimestre, estes estão programados para o mês de setembro”, acrescentou.

No segundo trimestre, o estoque da companhia era de 2,5 bilhões de reais em valor potencial de vendas, correspondente a 16,6 meses de vendas, com base no ritmo de vendas dos últimos 12 meses.

Segundo a Even, na comparação trimestral, o estoque pronto passou de 8 por cento em março para 11 por cento em junho, volume pulverizado em 849 unidades de 75 diferentes projetos.

Entre janeiro e junho, a Even comprou terrenos com Valor Geral de Vendas (VGV) potencial de 2,4 bilhões de reais, sendo 1,6 bilhão de reais em São Paulo, como parte da estratégia de antecipar as compras de terrenos na cidade, protocolando os projetos de acordo com o Plano Diretor anterior.

Além disso, a Even está em “negociação avançada” para “diversos terrenos” em São Paulo, que também possuem projetos protocolados conforme o Plano Diretor anterior.

A posição de caixa da companhia ao final de junho era de 726,8 milhões de reais, com alavancagem de 49,6 por cento, considerando a relação dívida líquida/patrimônio líquido.

No período, foram emitidos dois CRIs em um total de 150 milhões de reais, além de uma CCB Imobiliária no valor de 130 milhões, com o objetivo de mitigar os riscos referentes ao vencimento de dívida corporativa em ano pós-eleitoral e aproveitar as boas condições de captação.

A Even disse, ainda, que tentou realizar o pré-pagamento de parcela de 104 milhões de reais de debêntures, com vencimento em 2015, mas o prêmio exigido pelos investidores supera o custo de deixar os recursos em caixa e pagarmos esta parcela na data original.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da companhia foi de 86,9 milhões de reais, ante 132,2 milhões de reais no segundo trimestre de 2013.

Por Juliana Schincariol; Edição de Luciana Bruno

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below