Economia do Japão encolhe no 2º tri a uma taxa anualizada de 6,8%

terça-feira, 12 de agosto de 2014 21:26 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A economia do Japão encolheu a uma taxa anualizada de 6,8 por cento no trimestre de abril a junho, a maior contração desde que o país foi devastado por um forte terremoto seguido de tsunami em março de 2011, mostraram dados do governo na quarta-feira (horário local).

O resultado refletiu um impacto maior que o esperado do aumento do imposto sobre vendas nos gastos das famílias.

Economistas consultados pela Reuters estimavam uma queda anualizada de 7,1 por cento na leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre. No primeiro trimestre deste ano, o PIB cresceu a uma taxa anualizada revisada de 6,1 por cento, segundo dados do governo.

Na comparação trimestral, a economia encolheu 1,7 por cento no segundo trimestre, após um aumento revisado de 1,5 por cento no primeiro trimestre.

O consumo privado, que representa cerca de 60 por cento da economia, recuou 5 por cento em relação ao trimestre anterior, com as famílias segurando os gastos, depois que o imposto sobre vendas subiu em abril para 8 por cento ante 5 por cento.

A demanda externa adicionou 1,1 ponto percentual para a economia no segundo trimestre, mostraram os dados.

(Reportagem de Leika Kihara e Tetsushi Kakimoto)

 
Mulher observa frutas em uma área comercial em Tóquio, no Japão, em julho. 29/07/2014 REUTERS/Yuya Shino