August 13, 2014 / 5:54 PM / in 3 years

Ganhos em E.ON e Swiss Life fazem ações europeias fecharem em alta

3 Min, DE LEITURA

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuperaram terreno nesta quarta-feira, sustentados por ganhos nas ações da companhia de energia E.ON e da seguradora Swiss Life após resultados que superaram as expectativas.

No entanto, sanções econômicas devido à Ucrânia e os riscos mais amplos apresentados pelo conflito entre as forças de Kiev e separatistas pró-Rússia limitaram a recuperação do mercado de uma forte e recente queda.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente e que atingiu máxima de seis anos e meio no final de junho, mas então recuou cerca de 5 por cento devido à crise na Ucrânia, fechou em alta de 0,4 por cento, a 1.325 pontos.

Investidores também estão preocupados de que a recuperação econômica da Europa continue fraca. A produção industrial da zona do euro contraiu inesperadamente em junho, afetando as esperanças de recuperação mais forte conforme a região sente o efeito de conflitos na Ucrânia, Iraque e Gaza.

Uma alta de 4,8 por cento na E.ON deu um dos maiores impulsos ao FTSEurofirst 300.

Apesar de divulgar queda no lucro, com um alerta sobre o impacto da crise ucraniana em seu negócio na Rússia, as ações da E.ON subiram uma vez que os resultados superaram as projeções de analistas.

A Swiss Life subiu 7,1 por cento depois que a seguradora de vida bateu as expectativas com um leve crescimento no lucro líquido do primeiro semestre, sustentado por um forte desempenho em seu mercado doméstico.

Por enquanto os operados ainda estão apostando que a crise da Ucrânia não vai aumentar muito mais.

"O mercado foi muito pra baixo, muito rápido. Sou comprador nesses níveis", disse o trader de hedge fund da ACIES Asset Management Andreas Clenow. "Acho que nenhum dos dois lados tem interesse em uma luta prolongada."

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,37 por cento, a 6.656 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 1,43 por cento, a 9.198 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve alta de 0,78 por cento, a 4.194 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,62 por cento, a 19.537 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,61 por cento, a 10.304 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 saltou 1,88 por cento, a 5.451 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below