Cemig tem aumento de 20% no lucro do 2º trimestre, a R$740,9 mi

quarta-feira, 13 de agosto de 2014 20:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Cemig, companhia mineira de energia, teve um lucro líquido de 740,9 milhões de reais no segundo trimestre, alta de 20 por cento ante o mesmo período do ano passado, ajudada pelos ganhos com venda de energia no curto prazo.

A receita da companhia com transações nesse mercado subiu mais de três vezes, para 940,37 milhões de reais no segundo trimestre, na comparação anual, já que a empresa tinha maior disponibilidade de energia para liquidar e o preço de venda dessa energia (PLD) ficou bem mais alto que no ano passado.

O Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) ficou, em média, em 682,20 reais por megawatt-hora (MWh) no segundo trimestre deste ano, ante 250,58 reais por MWh no mesmo período de 2013.

O lucro, no entanto, ficou abaixo das estimativas do mercado. Analistas consultados pela Reuters estimavam lucro de 825,2 milhões de reais para a empresa no segundo trimestre.

Já o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) somou 1,577 bilhão de reais, acima da previsão dos analistas, de que era de 1,44 bilhão de reais. Na comparação com o mesmo período de 2013, o Ebitda da companhia subiu 25,9 por cento.

MERCADO CONSUMIDOR

A empresa também teve aumento na receita com energia vendida para os consumidores finais de 21,5 por cento, para 3,74 bilhões de reais no período.

Por outro lado, os custos e despesas operacionais da empresa subiram 27,31 por cento, para 3,4 bilhões de reais, em grande parte pelo crescimento dos gastos com energia comprada para a revenda. No caso da Cemig, o aumento com essa despesa foi de 43,58 por cento, para 1,87 bilhão de reais.   Continuação...