Receita do Walmart sobe, mas vendas comparáveis nos EUA ficam estáveis

quinta-feira, 14 de agosto de 2014 09:59 BRT
 

(Reuters) - O Walmart divulgou um crescimento de 2,8 por cento nas vendas trimestrais, impulsionado por vendas mais altas em lojas de formato menor, porém as vendas comparáveis nos Estados Unidos voltaram a não mostrar expansão.

A maior rede de varejo do mundo também cortou projeção de lucro de operações continuadas para o ano inteiro para entre 4,90 a 5,15 dólares por ação, ante entre 5,10 a 5,45 dólares por papel, citando despesas mais altas com planos de saúde para funcionários e um investimento maior em comércio eletrônico.

O lucro líquido atribuível à companhia subiu para 4,09 bilhões de dólares, ou 1,26 dólar por ação, no segundo trimestre fiscal encerrado em 31 de julho, ante 4,07 bilhões, ou 1,24 dólar por papel, um ano antes.

As vendas comparáveis nos EUA ficaram estáveis no trimestre.

A receita total cresceu para 120,13 bilhões de dólares.

A companhia afirmou que vendas de comércio eletrônico subiram 24 por cento no mundo no período, com avanços de dois dígitos no Brasil, EUA, Reino Unido e China.

 
Sacolas de compras do Walmart em uma loja de Chicago, nos EUA. 21/09/2011. REUTERS/Jim Young