Bovespa fecha em alta com ajuda do BB, mas Vale e cena eleitoral pesam

quinta-feira, 14 de agosto de 2014 18:22 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira avançou nesta quinta-feira, puxada pela forte alta das ações do Banco do Brasil, após o banco estatal divulgar resultado trimestral melhor que o esperado e mudanças no programa da ADR, influenciando positivamente os papéis do setor financeiro.

Mas os ganhos foram limitados pelo declínio expressivo das ações da Vale (VALE5.SA: Cotações), na esteira do recuo nos preços do minério de ferro na China, e pela queda dos papéis da Petrobras, que refletiram a maior incerteza eleitoral, após a trágica morte do candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, na véspera.

O Ibovespa .BVSP fechou em alta de 0,36 por cento, a 55.780 pontos. O giro financeiro totalizou 6,46 bilhões de reais, em linha com a média diária do ano, de 6,53 bilhões de reais, mas abaixo da média de agosto, de 6,9 bilhões de reais.

As ações preferenciais da Vale caíram 2,15 por cento, enquanto o papel preferencial da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) recuou 0,48 por cento.

As ações do BB (BBAS3.SA: Cotações) avançaram 3,65 por cento após a instituição divulgar lucro acima do esperado no segundo trimestre e anunciar a migração do programa de American Depositary Receipt (ADR) do BB de nível I para nível II. [nL2N0QK16C]

O BTG Pactual destacou o desempenho da margem financeira do banco estatal, que veio forte como a de outros bancos de varejo, e a melhora nos custos. Segundo o BTG, a mudança nos ADRS "pode melhorar a liquidez do papel, incluindo oportunidades de arbitragem".

O papel da Kroton KROT3.SA também foi destaque de alta. A empresa de educação mais do que dobrou o lucro no segundo trimestre ante um ano antes, superando estimativas no mercado. O Credit Suisse disse que a empresa está transmitindo uma mensagem forte de que "mais e ainda melhores resultados estão por vir". [nL2N0QK1EF]

A Gol (GOLL4.SA: Cotações) subiu 1,38 por cento após reduzir prejuízo no segundo trimestre. A empresa aérea disse que pretende elevar o percentual da receita em moeda estrangeira até o fim de 2016 ou começo de 2017. O Goldman Sachs elevou o preço-alvo da ação de 11,70 para 12,60 reais. [nL2N0QK17N]   Continuação...