HRT prevê nova perfuração no campo de Polvo no fim do ano

sexta-feira, 15 de agosto de 2014 15:56 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A petroleira HRT planeja a perfuração de um novo poço até o fim do ano no campo de Polvo, na Bacia de Campos, onde a empresa quer aumentar a produção e adiar o declínio natural, afirmou nesta sexta-feira o presidente da companhia, Milton Franke.

A empresa já encaminhou ao Ibama documentos para o licenciamento de perfuração de novos poços na área.

Como Polvo tem mais de 30 poços de desenvolvimento perfurados, mas apenas 10 em produção, a petroleira também planeja realizar intervenções em poços antigos para avaliar possíveis aproveitamentos. Uma primeira intervenção em um poço já perfurado está prevista para o terceiro trimestre.

O campo de Polvo, adquirido já em operação, é o primeiro ativo da HRT a produzir petróleo.

Desde janeiro deste ano, a empresa realizou três carregamentos: um de 233 mil barris de petróleo, outro de 395 mil barris e um terceiro de 595 mil barris.

"O próximo carregamento da HRT está previsto para a segunda quinzena de setembro e está originalmente planejado para 550 mil barris de petróleo", disse o diretor-financeiro da empresa, Ricardo Bottas.

Os executivos participaram de teleconferência com analistas de mercado sobre os resultados na companhia no segundo trimestre.

Bottas explicou que o acordo assinado para a venda de óleo para a Glencore traz certa volatilidade de preços. O preço médio do óleo no primeiro trimestre foi de 96,2 dólares e o preço médio no segundo trimestre foi de 102,7 dólares por barril.

"Esse contrato que temos com a Glencore prevê que a cada carregamento nós temos um processo de venda spot, então nós ficamos sujeitos a essa volatilidade", afirmou.   Continuação...