Aneel posterga para 5/09 prazo para discussões com Eneva sobre térmica Parnaíba II

segunda-feira, 18 de agosto de 2014 10:16 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica postergou para 5 de setembro o prazo para que prossigam as discussões referentes à proposta da Eneva para adequar as obrigações de fornecimento de energia pela termelétrica Paranaíba II.

"O pagamento de qualquer penalidade relacionada ao atraso do início da operação comercial de Parnaíba II permanece suspenso até a data informada", informou a empresa controlada pela alemã E.ON e pelo empresário Eike Batista, em comunicado nesta segunda-feira.

O projeto da térmica Parnaíba II está atrasado e a Eneva informou que espera alcançar uma "solução equilibrada, mantendo a viabilidade econômica do projeto e o cumprimento de um contrato de fornecimento de energia importante para o consumidor brasileiro".

A Eneva apresentou a proposta ajustada à Aneel no início de agosto, depois de considerar que os parâmetros indicados pela Aneel para o tema se aproximavam das condições mínimas necessárias à manutenção da viabilidade econômica do projeto.

Entre os termos e condições propostos pela Aneel está a conclusão das obras de Parnaíba II até dezembro de 2014 e postergação dos Contratos de Comercialização de Energia Elétrica no Ambiente Regulado (CCEARs) para 1o de julho de 2016, ou antes disso, na data de autorização para operação comercial da usina, e penalidade de 310 milhões de reais.

(Por Anna Flávia Rochas)