ThyssenKrupp prevê aumento da demanda por aço e lucratividade no Brasil

segunda-feira, 18 de agosto de 2014 13:58 BRT
 

Por Asher Levine

SÃO PAULO, 18 Ago (Reuters) - O grupo alemão de indústria e siderurgia ThyssenKrupp acredita numa retomada do crescimento econômico brasileiro e que a demanda pelo aço que a empresa produz vai crescer, disse nesta segunda-feira o presidente-executivo Heinrich Hiesinger.

     A ThyssenKrupp não conseguiu vender sua usina siderúrgica CSA, que tem enfrentado prejuízos devido ao excesso de custos e desafios operacionais.

     Com o processo de venda oficialmente encerrado, a empresa tem intensificado esforços para resolver problemas e impulsionar a rentabilidade, disse Hiesinger a jornalistas.

     "Meu compromisso original era tornar a CSA rentável no ano fiscal 2014/15", disse, destacando a forte expansão potencial dos Estados Unidos. "Eu acho que em um ano chegaremos lá."

     Ele afirmou que a empresa ainda planeja vender CSA no médio ou longo prazo, embora isso não esteja atualmente em negociação.

     Na semana passada, a ThyssenKrupp elevou a perspectiva para o exercício financeiro que termina em setembro, para "ponto de equilíbrio ou leve lucro líquido", impulsionado por um lucro trimestral inesperado da CSA.

     Diante da fraca demanda global por aço, a ThyssenKrupp disse que vai concentrar esforços de vendas do CSA no mercado local, onde espera se diferenciar através de lajes de maior qualidade do que a maioria dos produtores locais pode fornecer.

     "Para mercados específicas eu acho que há interesse no mercado", disse Hiesinger, embora tenha se recusado a fornecer projeções de vendas.   Continuação...