Cade aprova acordo entre BRF e Minerva com condições; exige alienação

quarta-feira, 20 de agosto de 2014 13:05 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, com condições, a operação entre a Minerva Foods e a BRF, por meio da qual a Minerva assume duas unidades de abate de bovinos da BRF em Mato Grosso, em troca da transferência de 15,2 por cento das ações da empresa para a BRF.

O acordo foi aprovado com uma condicionante porque a BRF, empresa que surgiu da incorporação da Sadia pela Perdigão, não poderia avançar por meio de aquisições em mercados de produtos processados, segundo determinação anterior do Cade para a formação da empresa.

E isso ocorreria com a negociação entre a BRF e a Minerva.

Segundo o relator do caso no Cade, conselheiro Gilvandro Vasconcelos de Araújo, com a aquisição de participação minoritária na Minerva, a BRF acabou também se tornando minoritária da MDF, empresa de processados controlada pela Minerva.

Por isso, explicou o conselheiro, o acordo celebrado com o Cade prevê a venda de ativos de processados pela BRF, ou pela intersecção entre ela e a Minerva, equivalente ao acréscimo de capacidade resultante da operação com a Minerva.

"Ou aliena o agregado ou o que quantitativamente corresponder", disse Araújo, ressaltando que a condição imposta pelo Cade foi fruto de um acordo com as empresas.

Os detalhes do acordo, como o possíveis ativos a serem alienados e o prazo são confidenciais.

(Por Leonardo Goy)