BCs podem apenas ganhar tempo, diz chefe do BIS a jornal em aceno ao BCE

sexta-feira, 22 de agosto de 2014 09:04 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A política monetária pode apenas ganhar tempo para lidar com problemas estruturais em uma economia, e sair de uma postura frouxa tarde demais pode ser arriscado, disse o diretor-geral do Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês), Jaime Caruana, em um aceno ao Banco Central Europeu (BCE).

Caruana disse ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung que não espera ver a deflação se instalar na Europa e que as expectativas de inflação estão bem ancoradas.

"Com problemas estruturais, a política monetária pode apenas ganhar tempo", disse ele em entrevista publicada na edição desta sexta-feira.

"Depois de sete anos com taxas de juros muito baixas, é realmente possível se perguntar se estes não são problemas estruturais, que não podem ser enfrentados com taxas de juros baixas".

O BCE cortou as taxas de juros para mínimas recordes, lançou uma série de medidas para injetar dinheiro na economia da zona do euro e prometeu fazer mais se necessário para combater o risco da deflação.

Caruana disse que, embora existam riscos associados à normalização da política monetária cedo demais, os riscos ligados à normalização da política tarde demais não são tão discutidos.

"Quanto mais o tempo passa, menos eficaz será a política monetária", disse ele. "E os efeitos colaterais aumentam. Estas são em parte distorções na economia real, e em parte riscos potenciais à estabilidade financeira".

(Por Paul Carrel)