Roche acerta compra de empresa de biotecnologia dos EUA InterMune por US$8,3 bi

segunda-feira, 25 de agosto de 2014 09:29 BRT
 

LONDRES/ZURIQUE (Reuters) - A Roche Holding fechou um acordo para comprar a empresa de biotecnologia norte-americana InterMune por 8,3 bilhões de dólares em dinheiro, o que ajudará a líder mundial na fabricação de medicamentos contra o câncer a expandir sua atuação para o tratamento de doenças raras ou incuráveis.

Os esforços da Roche para produzir remédios bem-sucedidos em outros ramos, que não o câncer, em seus próprios laboratórios têm sido mistos, com revezes nos últimos anos com medicamentos experimentais contra doenças cardíacas, diabete e esquizofrenia.

A companhia suíça já vende o Pulmozuyme para fibrose cística e o Xolair para asma grave nos Estados Unidos e tem outros produtos respiratórios experimentais em desenvolvimento clínico, incluindo outro remédio contra asma grave chamado lebrikizumab.

O acordo com a InterMune traz um novo remédio promissor, o pirfenidone, para tratar uma condição progressiva e até mesmo fatal de cicatrizes nos pulmões. A pirfenidone está aprovada para a chamada fibrose pulmonar idiopática na Europa e Canadá, e está sendo avaliada por reguladores nos Estados Unidos.

A Roche disse no domingo que pagará 74 dólares por ação pela InterMune por meio de uma oferta pública de aquisição, representando um prêmio de 38 por cento em relação ao preço de fechamento de 22 de agosto e de 63 por cento sobre 12 de agosto, quando especulações sobre uma aquisição começaram a circular.

A aquisição, que foi recomendada pelos Conselhos de ambas as companhias, é a maior feita pela Roche desde 2009, quando a companhia adquiriu a fatia remanescente que ainda não detinha no grupo norte-americano Genentech por cerca de 47 bilhões de dólares.

(Por Ben Hirschler e Caroline Copley)

 
Logo do laboratório suíço Roche em fábrica em Burgdorf. 17/11/2010. REUTERS/Pascal Lauener