Burger King comprará canadense Tim Hortons por US$11,5 bi

terça-feira, 26 de agosto de 2014 10:31 BRT
 

(Reuters) - A Burger King Worldwide planeja comprar a cadeia de café e donuts Tim Hortons por 11,5 bilhões de dólares, disseram as empresas nesta terça-feira, num acordo em caixa e ações para criar o terceiro maior grupo de restaurantes de fast food, com vendas de cerca de 23 bilhões de dólares.

As companhias haviam dito no domingo que estavam em conversas, e as ações de ambas tiveram um salto na segunda-feira.

O presidente do Conselho do Burger King, Alex Behring, e o presidente-executivo, Daniel Schwartz, terão os mesmos cargos na companhia combinada. O presidente-executivo da Tim Hortons, Marc Caira, será vice-presidente do Conselho.

A companhia terá sede no Canadá, seu maior mercado.

Investidores e especialistas em impostos dizem que o principal motivo para o Burger King mudar seu domicílio para o Canadá é de evitar pagar uma tributação dupla sobre os lucros gerados no exterior, uma vez que a companhia teria que pagar, caso continuasse nos Estados Unidos.

A 3G Capital, dos sócios fundadores brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles, e Carlos Alberto Sicupira, e que controla o Burger King, deve deter cerca de 51 por cento da companhia combinada.

(Por Allison Martell e Ashutosh Pandey)

 
Funcionários da rede de café e donuts Tim Hortons servem lanches durante encontro anual de acionistas em Toronto, no Canadá. 8/05/2014. REUTERS/Peter Jones