Usinas do centro-sul reduzem produção de açúcar e etanol em 2014/15

terça-feira, 26 de agosto de 2014 13:15 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de açúcar e etanol no centro-sul do Brasil na safra 2014/15, que está em andamento, deverá ser menor que a estimada inicialmente e abaixo da realizada na temporada anterior, considerando principalmente os efeitos da seca, afirmou nesta terça-feira a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

A produção de etanol na região deverá ficar em 24 bilhões de litros, 6,14 por cento menos que em 2013/14, enquanto a de açúcar cairá 8,6 por cento, para 31,36 milhões de toneladas, previu a Unica.

Numa análise mais detalhada, a produção de anidro (misturado à gasolina) ainda vai crescer 2,8 por cento ante 13/14, enquanto a produção de hidratado (usado nos carros flex) cairá quase 13 por cento na comparação com a safra passada.

Inicialmente, a Unica previa uma leve alta na produção total de etanol, para 25,86 bilhões de litros, e uma queda de cerca de 5 por cento na fabricação de açúcar, para 32,5 milhões de toneladas.

O centro-sul responde por cerca de 90 por cento da moagem de cana do Brasil, o maior produtor e exportador global de açúcar.

As revisões acompanham uma menor estimativa de moagem de cana na região. A Unica prevê agora processamento de 545,9 milhões de toneladas da matéria-prima, ante 580 da estimativa oficial de abril e 597 milhões de toneladas em 2013/14.

No início de agosto, em uma projeção preliminar, o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, já havia indicado que a safra 2014/15 ficaria entre 40 milhões e 50 milhões de toneladas abaixo da moagem de 2013/14.

EFEITOS DA SECA   Continuação...