Confiança do consumidor alemão para setembro cai, informa GfK

quarta-feira, 27 de agosto de 2014 07:33 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A confiança do consumidor alemão caiu pela primeira vez em mais de um ano e meio para setembro, uma vez que os consumidores tornaram-se mais cautelosos quanto ao impacto das sanções contra a Rússia sobre a maior economia europeia e outros conflitos internacionais.

O grupo de pesquisa de mercado GfK informou nesta quarta-feira que seu indicador futuro de confiança do consumidor, com base em uma pesquisa junto a 2 mil alemães, caiu a 8,6 para setembro, contra 8,9 em agosto em dado revisado para baixo.

Foi a maior queda em mais de três anos e abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters junto a 30 economistas de 9,0, ficando aquém até mesmo da estimativa mais pessimista, de 8,7. O GfK informou que foi o primeiro declínio desde janeiro de 2013.

"A escalada da situação no Iraque, Israel e leste da Ucrânia, assim como a gradual aceleração da espiral de sanções na Rússia, tiveram agora também um impacto negativo no cenário econômico dos alemães, que anteriormente era extremamente otimista", disse o analista do GfK Rolf Buerkl.

O GfK também divulgou uma alta na propensão dos consumidores em poupar em agosto, o que pode indicar uma crescente atitude cautelosa em relação a gastar no futuro.

(Reportagem de Bethan John)