Confiança da zona do euro cai para mínima de 8 meses em agosto com crise ucraniana

quinta-feira, 28 de agosto de 2014 07:55 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A confiança econômica na zona do euro caiu para o menor nível em oito meses em agosto, com o impacto da crise da Ucrânia começando a pesar com força, informou a Comissão Europeia nesta quinta-feira.

O índice de confiança econômica para 100,6 pontos, ante 102,1 em julho, segundo números revisados. Analistas consultados pela Reuters esperavam queda para 101,5.

A recuperação econômica no bloco de 18 países que usam o euro estagnou inesperadamente no segundo trimestre e o cenário é ainda pior devido ao efeito negativo da crise comercial com a Rússia.

"Parece que as tensões geopolíticas estão finamente começando a pesar sobre a confiança geral na região do euro", disse o economista sênior do ING, Martin van Vliet.

A confiança caiu nos setores de varejo, industrial e entre os consumidores, completou a Comissão.

Separadamente, o Índice de Clima de Negócios da zona do euro, que mede como as empresas veem as perspectivas da economia, caiu menos do que o esperado, para 0,16 ponto, contra 0,17 ponto em julho.

(Reportagem de Martin Santa)