Confiança do comércio cai 7,3% no tri até agosto ante 2013, diz FGV

quinta-feira, 28 de agosto de 2014 08:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) recuou 7,3 por cento na média do trimestre encerrado em agosto contra o mesmo período do ano anterior, ao chegar a 113,3 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

No resultado anterior, referente ao período de três meses finalizados em julho, houve queda de 6,3 por cento.

O Índice de Situação Atual (ISA-COM) caiu 12,1 por cento no período de três meses até agosto sobre o mesmo período do ano passado, para 82,0 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) mostrou queda de 4,3 por cento, para 144,6 pontos.

"Passado o período de feriados relacionados à Copa do Mundo, a aceleração das vendas em julho e agosto parece ter sido mais fraca que o esperado. Este desapontamento, associado às chances reduzidas de mudanças no curtíssimo prazo, mantém o cenário de baixo crescimento para o setor até o final do ano", disse em nota o superintendente adjunto de ciclos Econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr.

A FGV informou ainda que a confiança do setor de Varejo Restrito teve queda de 6,5 por cento no trimestre concluído em agosto na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já no Varejo Ampliado, que inclui também veículos, motos e peças e material para construção, a confiança recuou 7,8 por cento, enquanto no Atacado houve perda de 6,2 por cento no trimestre até agosto.

As vendas no varejo brasileiro fecharam o segundo trimestre com queda de 0,6 por cento sobre o primeiro, após serem prejudicadas em junho pela Copa do Mundo e ainda em meio ao cenário de juros altos e inflação elevada.

(Por Camila Moreira)