29 de Agosto de 2014 / às 11:44 / 3 anos atrás

BB celebra aditivo com União para tornar instrumento híbrido em capital principal

Agência do Banco do Brasil no Rio de Janeiro.Pilar Olivares

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Brasil informou nesta sexta-feira que celebrou com a União aditivo para tornar elegível a capital principal o Instrumento Híbrido de Capital e Dívida (IHDC) emitido em 26 de setembro de 2012.

"A elegibilidade do IHCD a capital principal está condicionada à análise e aprovação do Banco Central", disse o BB em fato relevante.

Em setembro de 2012, o BB fez um contrato de mútuo com a União no valor de 8,1 bilhões de reais.

Naquele mesmo mês, o banco disse ter recebido aval do BC para tornar 3,2 bilhões de reais do total elegíveis como capital de nível I e II, na qualidade de IHCD. O BB informou ainda na época que solicitaria o mesmo tipo de autorização para o valor restante da operação.

Por Anna Flávia Rochas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below