Teste final confirma eficácia de vacina da Sanofi contra dengue

quarta-feira, 3 de setembro de 2014 07:38 BRT
 

PARIS (Reuters) - A farmacêutica francesa Sanofi, que está desenvolvendo a primeira vacina contra a dengue, disse que seu produto reduziu os casos da doença em 60,8 por cento em um grande e último teste clínico.

A Sanofi investiu mais de 1,3 bilhão de euros (1,7 bilhão de dólares) no projeto, comprometendo-se com duas décadas de pesquisa sobre a doença tropical que mais cresce no mundo.

O estudo final - realizado em 20.875 crianças com idade entre 9 e 16 anos em cinco países país da América Latina - confirmou que a vacina é segura, conferiu alta proteção contra a dengue hemorrágica e cortou em 80 por cento o risco de hospitalização, disse a empresa com sede em Paris nesta quarta-feira.

No geral, os resultados foram consistentes e mais confiáveis no teste na América Latina, já que ele tinha o dobro de pacientes em relação aos da Ásia, disse Nicholas Jackson, chefe de pesquisa e desenvolvimento sobre a dengue na unidade de vacinas da Sanofi, a Sanofi Pasteur.

O estudo foi realizado no Brasil, Colômbia, México, Honduras e Porto Rico. A Sanofi vai apresentar resultados detalhados no encontro anual da Sociedade Americana de Medicina Tropical e Higiene, no início de novembro.

O presidente-executivo, Chris Viehbacher, disse em julho que o México, Brasil e Colômbia poderiam ser os primeiros países a comercializar a vacina.

Os primeiros lotes - produzidos em uma fábrica dedicada no sudeste da França - estarão prontos no próximo ano e a Sanofi pretende vender as primeiras doses no segundo semestre de 2015.

(Por Natalie Huet)