Arquiteto Norman Foster projetará aeroporto de US$9,15 bi no México

quarta-feira, 3 de setembro de 2014 09:51 BRT
 

Por Alexandra Alper

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O renomado arquiteto britânico Norman Foster e um genro do magnata mexicano Carlos Slim ganharam um contrato para desenhar um novo aeroporto para a Cidade do México, um projeto que exigirá investimentos de 9,15 bilhões de dólares, disse nesta terça-feira uma fonte familiarizada com a decisão.

A fonte, que pediu anonimato, disse à Reuters que o projeto apresentado pela sociedade entre Foster e Fernando Romero havia vencido a licitação. O operador de aeroportos do México, a ASA, não quis comentar o assunto.

Arturo Elías, porta-voz de Slim, disse à Reuters no fim de maio que o projeto de Foster e Romero foi um dos vários consórcios que apresentaram propostas de projeto para o aeroporto.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, anunciou na terça-feira que o novo aeroporto terá seis pistas e será capaz de receber até 120 milhões de passageiros por ano, quatro vezes mais do que o atual.

Peña disse nesta terça-feira que as novas instalações permitirão resolver a crescente demanda do saturado Aeroporto Internacional Benito Juárez, com a intenção de estimular o turismo e a geração de novos investimentos.

O atual aeroporto da Cidade do México - com apenas duas pistas para aterrissagem e decolagem - é o segundo mais utilizado da América Latina, depois do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O governo informou que o novo aeroporto será levantado em uma área contígua que existe atualmente e exigirá um investimento de 120 bilhões de pesos (9,15 bilhões de dólares).

Romero, casado com Soumaya Slim, filha de Carlos Slim, um dos homens mais ricos do mundo, é chefe da FR-EE Fernando Romero Enterprise.   Continuação...

 
Arquiteto britânico Norman Foster em entrevista coletiva perto de Burgos, na Espanha. 28/10/2010 REUTERS/Felix Ordonez