GPA aprova emissão de R$900 mi em debêntures para reforço de capital de giro

quarta-feira, 3 de setembro de 2014 09:58 BRT
 

SÃO PAULO, 3 Set (Reuters) - O Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar (GPA) aprovou a emissão de 900 milhões de reais em debêntures para reforço de capital de giro das atividades da companhia relacionadas ao agronegócio.

Em ata de reunião divulgada ao mercado nesta quarta-feira, a maior varejista do país informou que essas atividades contemplam "negócios celebrados entre a empresa e produtores rurais, ou suas cooperativas, relacionados com a produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos ou insumos agropecuários, especificamente relativos a frutas, verduras, legumes, laticínios, aves e carnes".

Segundo o GPA, a destinação dos recursos visa permitir que as debêntures sejam elegíveis para lastrear futura emissão de Letras Comerciais do Agronegócio.

A operação, envolvendo 900 mil títulos de 1 mil reais cada, é a 12a emissão de debêntures do GPA e foi marcada para 12 de setembro. As debêntures serão objeto de distribuição pública com esforços restritos de colocação.

No documento, o GPA também informou que os títulos terão prazo de vigência de 60 meses, com vencimento em setembro de 2019 e remuneração paga semestralmente, correspondente a 107 por cento da variação acumulada das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI) de um dia, base 252 dias úteis.

(Por Marcela Ayres)

 
Loja do Pão de Açucar em São Paulo. 28/96/2011. REUTERS/Nacho Doce