Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA sobem ligeiramente mais que o esperado

quinta-feira, 4 de setembro de 2014 09:47 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego subiu um pouco mais que o esperado na semana passada, mas permaneceu em níveis consistentes com condições mais rígidas no mercado de trabalho.

O número de novos pedidos aumentou em 4 mil na semana encerrada em 30 de agosto, para 302 mil, segundo números ajustados sazonalmente, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. O dado da semana anterior não foi revisado.

Economistas consultados pela Reuters haviam previsto aumento para 300 mil pedidos na semana passada. Um analista do Departamento de Trabalho disse que não houve fatores especiais influenciando os dados.

A média móvel de quatro semanas, considerada uma medida melhor das tendências do mercado de trabalho já que atenua a volatilidade semanal, subiu em 3 mil pedidos, para 302.750.

Ainda assim, tanto os novos pedidos quanto a média móvel em quatro semanas continuaram a apontar fortalecimento do mercado de trabalho.

(Por Lucia Mutikani)