Minério de ferro amplia queda na China e renova mínima de quase 5 anos

quinta-feira, 4 de setembro de 2014 11:32 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Os preços do minério de ferro na China ampliaram queda nesta quinta-feira e renovaram a mínima de quase cinco anos, em meio a um aperto de crédito para o setor, cautela dos compradores para recompor estoques e ampla oferta global.

O minério com 62 por cento de teor de ferro, referência para o mercado, caiu 1,6 por cento, para 84,30 dólares por tonelada, igualando valor registrado em 25 de setembro de 2009, segundo dados do Steel Index.

Grandes volumes de minério barato da Austrália estão chegando ao mercado, com entregas na China provenientes do principal porto australiano, Port Hedland, alcançando recorde de 32,03 milhões de toneladas em agosto, alta de 4,8 por cento ante julho.

Operadores e analistas na China, destino de mais de dois terços do minério negociado internacionalmente, dizem que não há demanda suficiente no momento para elevar os patamares do mercado.

(Por David Stanway)