Volcafe eleva previsão para safra de café do Brasil 14/15 a 47 mi sacas

sexta-feira, 5 de setembro de 2014 09:32 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Volcafe elevou sua previsão para a safra brasileira de café 2014/15 para 47 milhões de sacas de 60 kg, disse a divisão de café da trading de commodities ED&F Man em um relatório nesta sexta-feira.

A empresa, com sede na Suíça, havia estimado em abril a safra em 45,5 milhões de sacas.

"Nós ajustamos a nossa previsão de produção brasileira levemente para 47 milhões de sacas, refletindo produtividades melhores que as esperadas em Minas Gerais e uma maior safra de café conillon (robusta)", disse a Volcafe.

"Em geral, as produtividades da colheita confirmaram nossas preocupações iniciais e a safra de arábica será de 29,5 milhões de sacas, a menor desde 2007."

A Volcafe disse que a safra do Brasil deverá ficar 18 por cento abaixo da temporada anterior, resultando no maior déficit no mercado global de café desde 2005/06.

O relatório disse, no entanto, que há uma possibilidade de um déficit ainda maior em 2015/16, o que está sustentando os preços do café e mantendo o mercado em alerta.

"Mesmo que seja muito cedo para fazer uma estimativa para 2015, está claro que as condições das árvores de café no Brasil está ruim antes da principal florada", disse a Volcafe.

Caso se confirme a ampliação do déficit global em 2015/16, a relação entre estoque e consumo cairia para uma taxa sem precedentes, disse a empresa.

A Volcafe previu a safra 2014/15 do Vietnã, maior produtor global de café robusta, em 28,5 milhões de sacas, queda ante os 30 milhões da temporada passada.

"Embora a substituição pela produção de pimenta e uma geada no norte do país tenham sido negativas para a produção da próxima temporada, os bons preços do robusta têm sustentado amplamente o uso de insumos e a renovação dos cafezais", disse o relatório.

(Por Nigel Hunt)